top of page

MINHA HISTÓRIA

A água me mostrou que existe um lugar onde eu possa simplesmente ser, onde eu possa me expressar, onde o corpo não pesa, não apresenta nenhuma resistência, onde o corpo flui e é possível entrar num outro estado.

Piracanga - 2015
México - 2014
Piracanga - 2015
México - 2016
México - 2013

Eu sempre tive um chamado muito forte para as questões internas. Eu queria entender sobre os pensamentos e comportamentos do ser humano. Por isso, aos 17 anos, entrei na faculdade de Psicologia, onde eu descobri que grande parte das nossas ações é guiada pelo nosso inconsciente. 

Porém, depois de um tempo estudando, tudo começou a perder o sentido para mim e eu entrei numa grande crise existencial, que se apresentou como uma depressão. Eu sentia como se não tivesse nada. Percebi que faltava algo e que eu enxergava a vida de forma muito racional, enquanto muitas coisas não são possíveis de serem compreendidas com a mente.

 

A partir disso, me abri para a existência de uma energia maior, uma inteligência suprema, onde a vida se apresenta em perfeita ordem, dentro do seu caos. A vida quer que a gente evolua, sempre! Essa foi uma das grandes lições que aprendi. Foi então que eu segui com o curso de Psicologia e conheci as terapias aquáticas, no México.

 

Algo que me tocou profundamente, porque  eu consegui acessar um outro estado de consciência, uma consciência mais expandida, sem nenhum tipo de alterador. Entrei num mundo além da mente, dos meus pensamentos. Senti essa união da vida. Um retorno à minha origem. A mente estava livre, os pensamentos estavam calmos e eu, num estado de êxtase, talvez, num estado intrauterino.

 

 

 

 

 

 

 

 

A água me mostrou que existe um lugar onde eu possa simplesmente ser, onde eu possa me expressar, onde o corpo não pesa, não apresenta nenhuma resistência, onde o corpo flui e é possível entrar num outro estado.

Depois de experimentar as sensações a partir da terapia aquática, senti de compartilhar e levar esse trabalho com outras pessoas. Algo tão simples, mas com grande poder. Comecei a fazer cursos de diferentes técnicas de terapia aquática e oferecer sessões para os amigos e familiares. 

 

Poucos meses depois, resolvi sair do México e fazer uma viagem pela América Latina para me reencontrar. Atravessei 14 países de moto e trabalhei em diversas áreas, por 2 anos, até chegar ao Brasil, onde encontrei uma ecovila chamada Piracanga, no Sul da Bahia. 

 

Em Piracanga tem um rio que atravessa todo o terreno e se conecta com o mar. Eu senti que havia chegado no meu lar, onde comecei a trabalhar formalmente com as terapias aquáticas. Morei por 7 anos lá e, durante esse tempo, fui desenvolvendo a terapia Aguavida.

 

Uni o meu conhecimento da Psicologia, dos cursos de autoconhecimento, da meditação, da dança, das técnicas de massagem e de outras terapias aquáticas e criei uma forma mais fluida de trabalhar, a partir da intuição, da sensibilidade e, preferencialmente, em contato com a natureza, onde eu sempre me sinto em casa.

Captura de Tela 2022-08-14 às 08.08_edited.jpg
bottom of page